quinta-feira, 23 de julho de 2009

VOLTAMOS COM A NOSSA PROGRAMAÇÃO NORMAL


sunset no rio madeira, em manicoré, sul do amazonas by paulo vieira



.

GÊNESIS
.

e quando limosa
nuvem forasteira
alcançou o gigante
sem cabeça
fez-se
no horizonte
a árvore
primeira

.

Manicoré, Verão, 2009

5 comentários:

Edilson Pantoja disse...

Olá, Paulo!
Te encontrei por aqui, e a esta árvore ancestral!
Abraço!

paulo vieira disse...

Olá Edilson,

Que bom recebê-lo por aqui, grande abraço.

vieiranembeira

Renato Torres disse...

mano vieira,

avaliar a vertigem de um horizonte requer brio de poeta crepuscular: o tens de sobra. foi um prazer estarmos juntos naquela cena musical (e poética).

abraços!

r

paulo vieira disse...

Oi Renato,

Realmente, o Cena Musical foi lancinante, um trabalho de impressionar até os mais chatos, e ao seu talento e de sua banda cabem muitos aplausos. "a contenda", no melhor sentido, estabelecida é a prova mais mágica disso.

outra vez obrigado,

vieiranembeira.

paulo vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.