quarta-feira, 28 de setembro de 2011

PESO VERO NA VEIA, SEM CARTAZ, MAS SEGUE O CONVITE!




Local: Ver o Peso, Barraca da erveira Dona Beth Cheirosinha
Data: Sábado de manhã, dia 01 de outubro, a partir das 9:00 horas
Haverá doação de 100 exemplares aos feirantes
Haverá um Banho de Cheiro para os convidados!
 

.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

DIVULGAÇÃO DO SHOW DE SÁBADO AGORA!

o cartaz é quase o mesmo de todos os outros shows que já fizemos, a não ser pelos diferentes endereços de estréias, resultado do projeto gráfico punk do livro disco r r. mas o show já vai agora conhecer seu terceiro formato, com a participação de sidnei oliveira e sua visceral viola de 10 cordas. depois da versão inicial, encorpada pela banda clepsidra, aliás, versão de estúdio (é bom que se diga), ousamos outra com apenas um violão, e dois aedos, além de certos poemas cânones brasileiros, cda, p. lemininsky, m.b, m faustino, etc, só para abençoar... a fórmula tem dado certo e agora, no centro cultural jabaquara, neste sábado dia 24.09, além de nosso convidado, entram no lance poemas de meu primeiro livro, infância vegetal, e saem os cânones... aliás, no meio do show haverá ainda uma performance minha com 4 sonetos de augusto do anjos recortados pela viola de 10 cordas, mais adiante um poema inevitável de manuel bandeira e um, ainda, de mário faustino a pedido do próprio h. burnett. amanhã vai rolar um derradeiro ensaio. vocês precisam ver como vai ficar esse espetáculo...







sobre nosso próximo show, no centro cultural jabaquara, num teatro belo belo, segundo me disseram, a notícia aqui, ó: http://catracalivre.folha.uol.com.br/2011/09/lancamento-do-livro-cd-retruqueretoque/



está divulgado também no fecebook, no twiter, nas paredes da usp, nas paredes do bairro e nos emails dos amigos...



compareçam.

evoé!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

AGRADECIMENTO DE PESO



queridos amigos e amigas,



esta mensagem é para agradecer imensamente a presença de vocês no desancorar do livro-barco peso vero na feira do livro de belém, no último dia 05 de setembro.

o lançamento foi um sucesso e o livro zarpou de nosso estaleiro para suas casas, portos seguros.

foram perto de duas centenas de exemplares que saíram a navegar. esperamos que as senhoras, os senhores e suas crianças façam bom proveito da viagem ribeirinha.

aproveitamos ainda para registrar aqui um agradecimento especial pelo comparecimento dos amigos do Instituto de Educação do Brasil - IEB, Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia - Imazon, aos amigos da Embrapa - Amazônia Oriental, do Instituto Federal do Pará – IFPA, Campus Castanhal, aos amigos do saudoso grupo Núcleo Universitário de Apoio à Reforma Agrária – Nuara, aos amigos Anarquistas e Vegans, aos estudantes e professores da Universidade Federal do Pará, Graduação e Pós, aos inúmeros professores da rede pública, também aos professores da Universidade da Amazônia - UNAMA, Aos amigos do Museo Paraense Emílio Goeldi, ao professor da Universidade de São Paulo - USP, Dr. Emerson Inácio, (que quase esteve lá!), aos alunos da Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA, aos amigos da Fultelpa (rádio e televisão), do programa Sem Censura Pará, ao Programa de televisão do SBT Belém ETC e Tal, ao site Holofote Virtual, ao Guiart, ao Site Cultura Pará, ao Jornal Pessoal, à Yorranna, nossa Assessora de Imprensa, aos amigos que se perderam nos braços dos rios revoltos da feira do livro, e não encontraram o estande do Banco da Amazônia, ao Banco da Amazônia, que teve a ousadia de nos publicar!

aos desconhecidos, que agora nos conhecerão, e muito, na leitura! e aos que não puderam comparecer também vai nosso abraço!

evoé!

Paulo Vieira e Daniel da Rocha Leite

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

AGENDA NA FEIRA



agenda do dia:

14:30 horas, entrevista no Sem Censura, tv cultura do Pará, sobre o livro Peso Vero, ao vivo, direto da Feira Panamazônica do Livro de Belém

17:30 horas, entrevista no Coliseu das Letras, junto com Daniel da Rocha Leite

19:00 horas, lançamento do livro Peso Vero, no estande do Banco da Amazônia

evoé!

vieiranembeira