sexta-feira, 17 de setembro de 2010

CALMO

cena musical tv cultura, 2009, by fabricio rocha



calma

muitas horas
nessa calma
e logo tudo
descamba

-
entre
âmbar
&
gamba
-

 para os
páramos
onde
incautos
paramos

 muito
calmos
bem
naquela
hora
.




poema inédito

2 comentários:

Eleazar Venancio Carrias disse...

Belo, conciso e vertical - como alguns dos seus melhores poemas.

paulo vieira disse...

Caro Poeta, uma alegria para mim receber seu comentário. Ainda espero encontrá-lo para uma conversa desde há muito tempo.

portanto, até breve.